O espelho, um ensaio barato

Sobre os usos do espelho em geral Você entra no banheiro e sabe em poucos segundos onde de fato está entrando. Normalmente, quem denuncia logo é o espelho. Com moldura rebuscada barroco-rococó. Acompanhado de uma orquídea longilínea e um sofá. Em madeira de demolição e aplicação de folhas de ouro. Com uma moldura estilizada de espelho mesmo, matizando relevos. Com quatro pinos funcionando de moldura e … Continuar lendo O espelho, um ensaio barato

De olhos abertos para o CHVRCHES: Entrevista com Lauren Mayberry

Podemos dizer, grosso modo, que a história do synth-pop começou lá no finalzinho da década de 1960 com o surgimento do quarteto alemão Kraftwerk. Qualquer artista eletrônico que viesse depois deles teria não só de escutá-los, mas de assumir algum tipo de influência. Dessa história iniciada e popularizada com “The Model” e consagrada pela crítica com “Music Non Stop”, destaco três grupos que se impuseram … Continuar lendo De olhos abertos para o CHVRCHES: Entrevista com Lauren Mayberry

Os espelhos quebrados de Bing Wright

Não raramente, as experiências de fotografia com espelhos trazem resultados inesperados e surreais. Muito além do selfie, o reflexo proporciona ilusões e confunde o olhar, colocando a fotografia numa dimensão inusitada, que quase não lhe é própria. Foi o que o fotógrafo norte-americano Bing Wright fez em sua série Broken Mirror/Evening Sky. Ele criou mosaicos coloridos e confusos com espelhos quebrados, mostrando de um jeito … Continuar lendo Os espelhos quebrados de Bing Wright

O gabinete do Dr. Calligaris

Não é erro de digitação, é Calligaris mesmo. O Contardo, aquele que escreve pra Folha, sabe? Psicanalista, sempre com um olhar aguçadíssimo sobre a sociedade e suas neuroses. A não ser pela profissão, a série não tem muito a ver com o “O Gabinete do Dr. Caligari” (agora sim, como você está acostumado a ler), clássico expressionista alemão de 1920. Ou não tinha. Acontece que … Continuar lendo O gabinete do Dr. Calligaris

Devoradores de sombras – Entrevista com Richard Lloyd Parry

Richard Lloyd Parry, escritor e jornalista inglês, foi correspondente em Tóquio do jornal The Independent e atualmente é um dos editores do jornal The Times. Alguns anos depois de chegar ao Japão, foi convocado para fazer a cobertura de um dos crimes mais comoventes e controversos do mundo: o assassinato da inglesa Lucie Blackman, de 21 anos, que havia se mudado para Tóquio em 2000 para trabalhar como hostess. Lucie ficou … Continuar lendo Devoradores de sombras – Entrevista com Richard Lloyd Parry

A partir do sentimento das fezes

Sentimento das fezes é um livro de exercícios para escutar o que está dentro da gente. Foi publicado pela editora Mais ou Menos Tempo (Curitiba, 2013, http://maifujimoto.weebly.com/sentimento-das-fezes.html). Encontro entre Vicente Ryuki Infante Gonçalves Sagae, de seis anos, e Mai Fujimoto, de 35, esse texto nos anima a ter um corpo que não se divide entre partes que servem e partes que não servem. É um … Continuar lendo A partir do sentimento das fezes