chema14

Preto no branco, branco no preto

A expressão que dá título ao post costuma ser usada  para expressar uma situação de contraste, e se difundiu no âmbito da moda em virtude do clássico estilo difundido por Chanel. Mas ela também é uma perfeita síntese para a obra do fotógrafo espanhol José Maria Rodríguez Madoz, ou Chema Madoz, como é mais conhecido.

Nascido em Madrid em 1958, Chema busca —como ele mesmo descreve em seu site— colocar em evidência o fato de que nem tudo é o que parece. O fotógrafo tira objetos de seu contexto habitual e dá a eles novos significados, novas perspectivas. A simplicidade das fotos do artista também chama a atenção. Limitando-se ao preto e branco e sépia, e com uma técnica e um enquadramento superiores, Madoz nos encanta, seja por chamar nossa atenção para os mínimos detalhes de sombra e forma de objetos corriqueiros ou por usá-los na criação de situações inusitadas. Confira um pouco do trabalho dele nas fotos a seguir (clique em qualquer uma delas para abrir a galeria).

3 comentários sobre “Preto no branco, branco no preto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s